Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
Natália Lage


Revista do Cinema Brasileiro

 

 

Natália Lage entrevista o ator Ricardo Blat para o Revista do cinema brasileiro, o último trabalho do ator na TV foi em Guerra dos Sexos.

Ricardo Blat tem uma carreira sólida no cinema em diversos longas.... Madamé Satã, Vinicius, Carandiru e Última Parada 174.

O Programa vai ao ar Sábado ás 21h30 na TV Brasil.



Escrito por natalialage às 16h08
[] [envie esta mensagem] []



Revista do Cinema Brasileiro

A nova temporada do Revista do Cinema Brasileiro estreia neste sábado. Natália Lage terá missão de apresentadora do programa, vai falar sobre as produções de comédias, o gênero cinematográfico mais popular do Brasil. 


ESTREIA SÁBADO, 08 DE JUNHO, às 22h00

REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO 


TV Brasil Canal 2, 18 NET, 116 SKY 



Escrito por natalialage às 00h59
[] [envie esta mensagem] []



Edukators

Estreia, no dia 17/01 no Rio de Janeiro, o espetáculo teatral “Edukators”, baseado no filme homônimo do austríaco Hans Weingartner. A história fala sobre três jovens que vivem em Berlim e praticam uma série de ações pacifistas, acreditando que podem mudar o mundo. Eles se auto-intitulam “Os educadores” e procuram espalhar sua indignação de forma pacífica, invadindo mansões para divulgar suas mensagens de protesto.



Escrito por natalialage às 02h00
[] [envie esta mensagem] []



Depois de JT Leroy.....vem ai a Lucilene de Tapas e Beijos !

Natália Lage entrará para o elenco de Tapas e Beijos. Para seu personagem, a atriz precisou mudar o visual, deixando os cabelos mais longos e escuros, mudando totalmente de quando atuou em Louco por Elas e Jt Leroy, quando aparecia totalmente loira em uma das fotos abaixo.

Na série, Natália será uma dançarina, que vai deixar a mulherada morrendo de ciúmes.



Escrito por natalialage às 22h50
[] [envie esta mensagem] []



Natália Lage no Programa do Jô.


 



Escrito por natalialage às 22h34
[] [envie esta mensagem] []



Natália Lage em "Louco por Elas"

No dia dos namorados, a vida amorosa do disputado Léo, vivido por Eduardo Moscovis (43) em Louco por Elas, vai ficar mais movimentada do que nunca. Quem aparece no episódio da série na próxima terça-feira, 12, é a atriz e apresentadora Ana Furtado que viverá Larissa, uma ex-namorada do galã que retorna para um “chá das ex”.

 

No capítulo, Larissa integrará uma reunião ao lado de outra ex de Léo, a alternativa Luana "Natália Lage" para confabular sobre as possíveis razões pelas quais os relacionamentos do galã não dão certo.

 



Escrito por natalialage às 23h00
[] [envie esta mensagem] []



 

Natália Lage, terá o desafio de interpretar o escritor JT LeRoy no teatro. 

 

 

Natália Lage, radicalizou na mudança de visual para viver o escritor JT LeRoy no teatro. A atriz clareou e repicou os cabelos para a peça, que estreia no dia 15, em Brasília. Depois, o espetáculo segue para o Rio de Janeiro, de 15 de março a 27 de maio.

 A peça "JT – Um conto de fadas punk" conta a história de Jeremiah Terminator LeRoy, um escritor gay que lançou um livro autobiográfico e virou celebridade no mundo inteiro. Mais tarde, descobriu-se que Laura Albert, uma cantora punk, foi quem criou o personagem. A cunhada dela, Savanah Knoop, encarnava o escritor nas aparições públicas.

 

Além disso em breve Natália estréia  o filme de Maurício Farias, Vai que dá certo, no elenco Danton Mello, Lucio Mauro Filho e Bruno Mazzeo.

 Na Televisão Natália encerro o seu ciclo na grande familia, foram cinco anos no programa e sua participação chega ao fim.

 

 



Escrito por natalialage às 21h42
[] [envie esta mensagem] []



Natália Lage confere a estreia da peça "A vingança do espelho", no Teatro Laura Alvim, em Ipanema, na Zona Sul do Rio. O espetáculo é estrelado pela atriz Betty Goffman.




Escrito por natalialage às 21h32
[] [envie esta mensagem] []



Natália Lage muda visual radicalmente, para estréia de novo espetáculo.


 

 

 

 



Escrito por natalialage às 23h43
[] [envie esta mensagem] []



Théatre du Soleil

Natália Lage esteve nessa tera-feira dia 8 no Arena HSBC, Rio de Janeiro, para assistir o espetáculo do Théâtre du Soleil.




Escrito por natalialage às 00h17
[] [envie esta mensagem] []



Felicidades para Natália Lage

 

Depois de anos dedicados a Universidade e trabalho, não sobrava mais tempo para respirar e o blog foi ficando de lado, mas agora está mais vivo do que nunca....ainda tem muita coisa boa para acontecer.

Desejo a Natália toda a felicidade do mundo, que ela seja iluminada sempre, com muita sabedora, paz e novos personagens.


Parabéns Sempre!



Escrito por natalialage às 23h21
[] [envie esta mensagem] []



                 Trilhas sonoras de amor perdidas

Quem sempre amou música e viveu nos tempos onde MP3 era uma coisa inimaginável, sabe muito bem como é uma coletânea em fita cassete. São horas de dedicação, escolhendo uma a uma as faixas, encaixando uma na outra. Não é a mesma coisa que gravar um CD-R, pois nele não é necessário ouvir as músicas enquanto as grava. O processo de gravação de uma fita cassete era romântico. Gravei centenas durante minha adolescência e início da vida adulta. Cada fita representava algum momento.

E é dessa ideia que parte a peça Trilhas Sonoras de Amor Perdidas, em cartaz no Sesc Belenzinho. A história de um casal, intepretados por Guilherme Weber e Natália Lage, é contada a partir de fitas gravadas. Eles não tem nada em comum, exceto a paixão pela música. Uma bela noite, o garoto vê a garota cantando uma canção do Big Star numa festa. Ele não pôde acreditar no que via: uma menina linda cantando uma música que imaginava só ele conhecer. Assim esse relacionamento começa. Weber está incrível no papel. Além de uma grande história de amor, a peça é uma viagem musical, especialmente nos anos 80 e 90. Se prepare para sair do espetáculo com um nó na garganta. Imperdível!

Trilhas Sonoras de Amor Perdidas
Sesc Belenzinho
Sábados, às 20h; domingos às 18h
R$ 24,00 / R$ 12,00 (estudante) / R$ 6,00 (comerciário matriculado no Sesc)
Até o dia 31/07



Escrito por natalialage às 23h12
[] [envie esta mensagem] []



Manual: como arrastar Natália Lage para tomar um café:

Por: Renata Pinheiro

Se tem um encontro que eu gostaria tivesse acontecido é com a Natália Lage. Porque, olhando para ela, eu consigo ver a beleza de uma época, de uma época que teimo em renegar, salvo pelo fato de que foi aquela a época em que a conheci. Encontrar a Nat seria como ouvir aquela música que embalou momentos felizes. Tenho nela um álbum inteirinho de fotografias – e não tenho uma foto sequer com ela. Uma das tantas pessoas queridas que veio no pacote que carrego até hoje.

Mas Natália está em São Paulo. Ela, minha música e meu álbum de fotografias. Ao lado do atorGuilherme Weber, protagoniza a peça dirigida por Felipe Hirsch, Trilhas Sonoras de Amor Perdidasem cartaz no Sesc Belenzinho até 31 de julho. E o nosso café foi uma troca de emails.

Perguntei o que seria necessário para tirá-la de casa e aceitar meu convite: “Amo café”, derrete-se ela pela bebida e eu pela possibilidade do nosso encontro. E, melhor, os nossos horários combinam. “Raramente saio de casa para tomar café da manhã. Faço isso, às vezes, quando estou em outra cidade”, contou-me. Eu também não, Nat. E como mal saio do bairro onde moro, o meu ‘às vezes’ está mais para ‘quase nunca’.

Diz -me que gosta de café forte, sem açúcar. Impressiono-me com os que tomam café sem açúcar. Para mim, é o mesmo que não ter medo de ir ao dentista. Meu café é bem forte e muito gostoso. Tenho aquela cafeteira italiana, a moka. É como um bule, onde você coloca o pó e faz o café no fogão, mesmo”, dá a receita. Mas Natália, de fato, não precisa de mais doçura. Já eu…

Lembro dela menina quando eu era menina igual a ela. Ela com 11 anos, quando fazia a novela O Salvador da Pátria, e eu com 9, quando não fazia nada mais do que manter as boas notas no colégio. E agora estamos nós, aqui, nesta mesa, tomando café juntas. Mais do que isso. Natália carrega com ela um tanto de mim, um tanto da minha memória, um tanto de coisas boas. E é por isso, Nat, que eu vejo flores em você.



Escrito por natalialage às 23h02
[] [envie esta mensagem] []



Natália Lage 3 perguntas para Veja SP.

Na infância e a adolescência, a atriz Natália Lage, hoje com 32 anos, foi um rosto muito conhecido das novelas da Rede Globo (fez, por exemplo, “Perigosas Peruas” e “O Amor Está no Ar”). Com o tempo, as aparições tornaram-se raras e sua carreira se voltou para o teatro.

Ao lado do ator Guilherme Weber, Natália protagoniza o drama dirigido por Felipe Hirsch Trilhas Sonoras de Amor Perdidas, que estreia no Sesc Belenzinho no sábado (18).

VEJA SÃO PAULO — Nos últimos anos, você trabalhou com diretores renomados, como Bia Lessa, Gilberto Gawronski e, agora, Felipe Hirsch. O teatro se tornou prioridade porque a TV deixou de oferecer oportunidades? 
Natália Lage — Não sei se priorizei o teatro devido à falta de espaço na TV ou se faltou oportunidade porque me envolvi demais com a cena teatral. Vejo que muitos atores fazem peças porque é legal, porque “pega bem”, e não por ser fundamental para consolidar uma carreira. O palco é um universo que não te abandona, onde o ator também pode se tornar um criador.


VEJA SÃO PAULO — Sua carreira deu menos certo na TV do que prometia? O que é dar certo? Ser protagonista da novela das 9?
Natália Lage — Construo minha carreira tijolo por tijolo. Faço personagens que dizem algo para as pessoas e, principalmente, para mim. Sei a razão para aceitar um trabalho, como o seriado “A Grande Família”. Ali, estou ao lado de gente que leva a profissão muito a sério. Não me enche os olhos dar autógrafos. O ator não é um ser especial, mas igual a todo mundo. Também precisa pagar as contas.

VEJA SÃO PAULO — Foi mais pesado ter iniciado a carreira ainda criança?
Natália Lage — Talvez eu tenha me tornado muito exigente comigo mesma, mais crítica do que deveria, e isso pesa para uma criança. Mas nunca tive uma experiência traumática. Escolhi a profissão já sendo uma atriz. Chegou uma hora em que eu quis conhecer outras coisas, fiz faculdade de sociologia e agora penso em um curso de artes visuais, sempre para me aprimorar como artista. Quando tiver um filho e perceber interesse dele pela arte, vou incentivá-lo em qualquer idade. Só quero que ele entenda bem essa opção profissional.



Escrito por natalialage às 22h56
[] [envie esta mensagem] []



Natália Lage em Outubro nos Cinemas "Como Esquecer"

Natália Lage é uma das estrelas do elenco de Como Esquecer, filme com Ana Paula Arósio e Murilo Rosa. Natália Lage é Lisa, a personagem "sozinha, sensível e muito apaixonada" que ela interpreta no filme.

O longa conta a história de três amigos que sofrem com desilusões amorosas.



Escrito por natalialage às 22h52
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]